Soltura de pirarucu no Pesqueiro do Renato

Hoje tivemos a soltura de pirarucu no Pesqueiro do Renato, um verdadeiro bruto quando comparado a outras...
Pesqueiro do Renato Pesqueiro do Renato

Soltura de pirarucu no Pesqueiro do Renato

Conheça os hábitos do pirarucu

Sem conhecer a espécie, sua pescaria pode acabar sendo mal sucedida, o pirarucu, também conhecido como bacalhau da Amazônia e arapaima, é um dos maiores peixes com escamas de água doce do Brasil. Pode chegar a um tamanho de até 3 metros e um peso de aproximadamente 200 quilos, um verdadeiro bruto quando comparado a outras espécies.

É típico da Bacia Amazônica e gosta de ficar na várzea, especialmente em locais nos quais a água é calma, de cor mais clara e de até 37ºC. Também é conhecido por habitar locais rasos e subir até a superfície para pegar ar de vez em quando.

Cuidado ao devolver o peixe na água

Uma informação muito importante para a pescaria de pirarucu é que se trata de uma espécie dipnoica, ou, como é chamada pelos pescadores, “pulmonada”. Isso significa que respiram o oxigênio presente na água, mas, de vez em quando, precisam subir à superfície para captar o ar na atmosfera e armazenar em sua bexiga natatória.

Esse fator faz com que esses peixes tenham uma boa adaptabilidade, já que podem sobreviver em locais com menos água. Ao mesmo tempo, durante a briga, o pirarucu não tem tempo para buscar ar na superfície e acaba ficando fatigado.

Importante: Por isso, sempre que fisgar o pirarucu, não o deixe muito tempo fora d’água. O ideal é que ele seja devolvido em tempo suficiente para você, pescador, tirar sua foto/vídeo e, ao devolvê-lo, nunca jogar ele de cabeça na água, e sim deixar o peixe dar uma respirada e entrar sozinho na água.

Lembre-se que é papel do pescador praticar a pesca esportiva com o máximo de cuidado e preservar o peixe e a si próprio, pois ele pode machuca-lo se não tomar os devidos cuidados.

Selecione o equipamento correto

Uma dica para quem quer saber como pescar pirarucu é ter o melhor equipamento à disposição. Comece com varas bastante firmes, de 40/50 libras, com cerca de 2,40 metros de comprimento. 

Já no que se refere às linhas, utilizar as de monofilamento, sendo que multifilamento é proíbido, com no mínimo 0,40 milímetros de espessura. Tenha também uma carretilha com boa capacidade de linha para suportar a briga.

Por fim, coloque as iscas em anzóis de formatos circulares (ou circle hook), é o mais indicado, uma vez que eles garantem maior firmeza e segurança para aguentar o peso do pirarucu.

Lembre-se: nada de farpas.

Escolha os melhores tipos de iscas

Por ser carnívoro, as melhores iscas para pirarucu são as naturais, como algumas espécies de peixes (tilápia, traíra, tuvira e lambari), além de insetos, moluscos, crustáceos, salsicha e minhocuçu.

Além dessas opções, existe há pouco tempo, as iscas desidratadas: tuvira, pirambóia, pele de frango, tripa, sambiquira, que também são uma ótima opção, porque já vêm em pedaços e basta colocar no anzol e jogar para a captura dos famintos pirarucus. Se desejar adquirir esses produtos, pode entrar em contato com o Juliano Pescarias, pelo telefone (19) 98305-2877 que ele envia para todo canto do Brasil.

Para quem prefere as artificiais, escolha as de meia-água para pegá-lo durante a subida. Algumas opções são zara stick, popper e soft bait, porém você pode escolher outros tipos similares. 

Utilize a visão para sua captura

Muitos pescadores gostam de dizer que a captura do pirarucu é uma “pesca de visão”. Isso porque o animal está sempre subindo à superfície para respirar, dando dicas a respeito de sua localização.

Soltura de pirarucu no Pesqueiro do Renato

O pirarucu costuma subir muitas vezes nos mesmos lugares, portanto, fique sempre atento aos locais por onde ele está nadando. Procure arremessar sua isca próximo dele e, jamais arremesse a isca em cima do peixe pois vai espantá-lo, porém, utilize o local como base e vá trabalhando a isca para provocar o bicho.

Então, o que está esperando para viver mais essa experiência,  entre em contato agora mesmo e agende uma Pesca Esportiva Combinada no Pesqueiro do Renato e venha capturar seu exemplar.

É permitido levar bebidas e alimentos, fazer aquele churrasquinho a beira do lago, pois contamos com churrasqueira coberta, mesa, cooler, pia e mais, ainda se desejar, pode jogar uma sinuca, pois temos uma mesa de snooker ao lado da churrasqueira.

Temos, refrigerante, água, cerveja, carvão e gelo no local.

Banheiro masculino e feminino!


Deixe Seu Comentário

Entre em contato e agende sua pesca combinada com a gente!

Usamos cookies para manter o site seguro, registrar e personalizar sua navegação. Ao continuar a navegar, você está de acordo com isso. Para mais detalhes sobre essa atividade, acesse nossa Politicas de Privacidade

Entendi